Notícias

05.12.2017

Retrospectiva Luel Felipe 2017

Retrospectiva Luel Felipe 2017

Luel Felipe em Haleiwa, Hawaii. Foto: Gabriel Alves

O atleta Seaway Luel Felipe teve um 2017 muito bom, entre as competições e sessões de freesurf sempre esteve mostrando um surf de alta performance em qualquer condição.

O primeiro evento que Luel competiu foi em Fevereiro, no QS 6.000 Maitland and Port Stephens Toyota Pro em Newcastle, New South Wales, Austrália, onde ele chegou até o Round 3.
Luel Felipe e Alan Donato avançam em Newcastle

Na mesma semana Luel foi até Manly Beach, também em New South Wales, Austrália, para competir no QS 6.000 Australian Open Of Surfing, onde ele surfou muito durante todo o evento e chegou até às Oitavas de Final, seu melhor resultado no QS 2017. 
Luel segue firme no Australian Open of Surfing

Em Março Luel aproveitou um intervalo das competições para explorar ondas perfeitas na Indonésia.
Em algum lugar da Indonésia

Em Abril Luel foi encarar a perna Caribenha do QS. A primeira etapa foi na ilha de Martinica, no QS 3.000 Martinique Surf Pro, onde Luel chegou até o Round 3. Na semana seguinte Luel foi à ilha de Barbados para competir no QS 3.000 Barbados Surf Pro, onde chegou até o Round 4.

Luel Felipe no Barbados Surf Pro 2017. Foto: WSL / Andrew Nichols

Em Maio Luel foi ao Japão para competir no QS 6.000 Ichinomiya Chiba Open, onde chegou até o Round 4.


Em Julho Luel competiu no Revolt Summer Surf Series e venceu a categoria PRO AM, em Pacific Beach, Califórnia.
Luel Felipe vence no Revolt Summer Surf Series na Califórnia

Em Agosto Luel foi campeão PRO AM no Sun Diego AM SLAM Surf Series em Ocean Beach, Califórnia, defendendo seu título de 2016.


Dias após vencer em Ocean Beach, ainda em Agosto, Luel foi competir no QS 3.000 Vans Pro Virginia, em Virginia Beach, costa leste dos Estados Unidos. Luel surfou muito durante o evento e chegou até a Semifinal.
Luel Felipe no Vans Pro Virginia 2017. Foto: WSL / John Ferguson 

Em Setembro Luel foi ao Marrocos competir no QS 1.500 Anfaplace Pro Casablanca, onde teve performances excelentes e chegou até às Quartas de Final.

Luel Felipe no Anfaplace Pro Casablanca 2017. Foto: WSL / Laurent Masurel

Em Outubro Luel voltou ao Brasil para competir em dois eventos. O primeiro foi o QS 1.500 Itacare Surf & Sound Festival no litoral sul da Bahia, onde Luel chegou ao round 3.


Na sequência, já em Novembro, Luel foi competir no QS 3.000 São Sebastião Pro em Maresias, São Paulo, e chegou ao Round 3.


Para finalizar sua campanha no QS 2017, Luel foi ao Hawaii competir nos dois QS 10.000 da Tríplice Coroa Havaiana, no North Shore de Oahu. A primeira etapa foi o Hawaiian Pro em Haleiwa, onde Luel chegou ao round 3.

Luel Felipe no Hawaiian Pro Haleiwa 2017. Foto: Gabriel Alves

Na semana seguinte ao Hawaiian Pro, a expectativa era gigante para o último QS do ano, o World Cup Of Surfing em Sunset Beach, que rolou com altas ondas e Luel Felipe surfou muito bem nas baterias que disputou, chegou ao round 3 e não avançou por pouco ao Round 4.

Luel Felipe no World Cup Of Surfing 2017 em Sunset Beach. Foto: WSL / Tony Heff
+ News
Topo
  Carregando...